Bem-vindo!

O espaço Jardins Saudáveis é constituído por um blog e um website, ambos com materiais e recursos na área da Educação para a Saúde. Está aberto à participação e colaboração de vários autores que podem aceder ao blog directamente ou enviar os textos/materiais para:
gliceria@jardinsaudaveis.com

domingo, 28 de fevereiro de 2010

As competências das crianças


Tudo o que aposta na prevenção deve ser considerado por todos nós. Este vídeo é um exemplo de como é possível "ensinar" determinadas competências às crianças pequenas para que estas possam numa situação de grande perigo, como por exemplo, caírem numa piscina, executarem um conjunto de movimentos dentro de água que as pode salvar. E todos os anos, em Portugal, a morte por afogamento é uma realidade.


As competências das crianças (clicar para aceder ao vídeo). Vale a pena!

Amizade em Projecto

Amizade em Projecto

sábado, 27 de fevereiro de 2010

Esquerda e Direita

Esquerda e Direita

Bloguistas preciso da vossa ajuda

Estou a elaborar uma mini-base de dados com os links dos nossos blogs para colocar no site do JS
http://jsaudaveis.webnode.com.pt/sites-blogs-/ . Quem visitar este blog e quiser facilitar-me a vida, agradeço que deixe nos comentários deste post o link do seu blog (ou envie para gliceria@jardinsaudaveis.com)  e se o mesmo se reporta a creche, jardim-de-infância, ensino especial, escola do 1º ciclo, etc
Obrigada e um bom fim-de-semana

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2010

Versão reduzida do Zé do Boné contada pelo João do Avião

 
vhss-d.oddcast.com

Um bom assunto para o dia de Hoje

Um bom assunto para o dia de Hoje

Quase um terço das crianças portuguesas passa mais de nove horas por dia nas creches e a esmagadora maioria ocupa parte do tempo a ver televisão em jardins de infância, segundo um estudo da DECO hoje divulgado.
Fórum de discussão aberto aqui

Nós e os Outros

Nós e os Outros
Disponível para download.

Piolhos

Piolhos
História abreviada do Zé do Boné.

domingo, 21 de fevereiro de 2010

JS termina aqui

Detectados vários problemas no blog aproveita-se a ocasião para informar os leitores que o mesmo vai "fechar portas".
A todos os que contribuíram com posts e comentários os meus sinceros agradecimentos.
Glicéria Gil

ADENDA: Constatou-se que ontem (dia 21) foram realizados muitos downloads dos materiais colocados no JS. Informa-se os leitores que não necessitam de "arrecadar" porque o blog,  materiais e recursos continuarão online, podendo ser consultados sempre que necessário. Continuarei a colocar materiais na caixa BOX.NET (que podem aceder na barra lateral caso consigam visualizar).  

sábado, 20 de fevereiro de 2010

Está frio, chove ... continuamos no inverno!

Por Glicéria Gil


Falar do Inverno com as crianças também passa por lhes explicar os desastres da natureza, as tragédias que acontecem pelo mundo fora, as dificuldades com que as populações se debatem. É quando as crianças dizem que o Inverno é "mau" porque traz tempestades mau tempo ... e o inverno é "bom" porque podemos brincar com a neve, chapinhar na poças de água, vestir um casaco quentinho ...




Mais recursos 
http://web.educom.pt/escolovar/inverno_historia.htm
http://jardimsaudavel.blogspot.com/2010/01/poema-adivinha-inverno.html
http://jardimsaudavel.blogspot.com/2010/01/e-agua-e-uma-gotinha.html
http://jardimsaudavel.blogspot.com/2010/01/nao-sei-se-e-da-chuva-se-e-do-frio.html

Gosto de ti

Por Glicéria Gil

Porque é importante falar de afectos e conhecer os autores e ilustradores dos livros que utilizamos e, que nos auxiliam a exercer o ofício de educador ...


Mais recursos 

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Choque na Educação

Por Glicéria Gil



Choque na Educação
Como os nossos erros estão a afectar os nossos filhos e o que podemos fazer para educá-los melhor


Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 270
Editor: Lua de Papel
ISBN: 9789892307138
Colecção: Laços


Sinopse
O seu filho de sete anos apresenta-lhe orgulhosamente um desenho.
Chama-lhe a atenção para os defeitos? Ou dá-lhe parabéns pelos
fantásticos rabiscos? A sua filha adolescente queixa-se de que
gozam com ela na escola. Diz-lhe para resolver o problema sozinha
Ou dá-lhe um grande abraço e promete ajudá-la?
Se em qualquer dos casos escolheu a segunda opção, teve o
comportamento típico da maior parte dos pais - deixou-se levar
pelo instinto paternal. E ao fazê-lo, em vez de contribuir para o
desenvolvimento emocional do seu filho, agiu no sentido contrário.
Choque na Educação é uma obra extraordinária de dois
autores premiados.
In http://www.wook.pt/

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Conferência “Actividade Física, Comportamentos Sedentários e Saúde”

A quem possa interessar fica o convite do Instituto Politécnico de Viana do Castelo:

Orador
Prof. Doutor Jorge Mota, da Universidade do Porto.
Amanhã, 19 de Fevereiro, às 17h30.

Local
Biblioteca da Escola Superior de Educação do
INSTITUTO POLITÉCNICO DE VIANA DO CASTELO

Organização Mestrado em Promoção e Educação para a Saúde
Inscrições disponíveis.

O Zé Robusto visitou o Jardim-de-Infância

Por Glicéria Gil


Um estudo realizado em 2006 no Concelho de Odivelas apresentava resultados preocupantes no que respeita à alimentação das crianças em idade Pré-escolar (ver caixa). Seria interessante saber que mudanças se verificaram na alimentação e prática de exercício físico dessas crianças que hoje frequentam o 1º ciclo do ensino básico e, que se pressupõe que tenham sido alvo de uma intervenção específica na área da prevenção da obesidade. 
Que alimentos passaram as crianças a consumir nas escolas e jardins-de-infância? Que tipo de iniciativas e com que regularidade é que se desenvolve a actividade física nessas instituições? As famílias adquiriram hábitos e estilos de vida mais saudáveis? Os profissionais de educação adequam as suas práticas em função desses objectivos? Os profissionais de saúde apoiam e completam a acção desenvolvida no contexto educativo? 


 (clicar para ler) 


Mais recursos 

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Para lá e para cá... a educar para a cidadania

por Rute Moura




Quais os caminhos que percorremos e os transportes que utilizamos?
Como eram os transportes que se utilizavam antigamente?
Como eram as estradas antes de serem alcatroadas?
Antes de haver a ponte 25 de Abril como é que se ía para Lisboa?
O que podemos fazer para a nossa cidade não ficar tão poluída?
Estas e outras perguntas tiveram resposta no Museu da Cidade de Almada com a visita à Exposição Temporária "Fazer Caminhos" e uma oficina de expressão plástica.



Aprendizagens significativas para todos, num espaço agradável. Fica a sugestão...



Mais Recursos 
http://www.educarparaacidadania.pt/

Falar de Afectos

Por Esmeralda Certo

Devido ao tema "Os Afectos" que irei trabalhar durante determinado tempo no J. de Infância, resolvi partilhar e aconselhar um livro que li recentemente, de que gostei bastante.
Os afectos implicam relacionamento, uma troca de relações que nos afectam e que por sua vez afectam o outro.

LIVRO RECOMENDADO: "GOSTO DE TI"de BÉNÉDICTE CARBONEILL
Ilustração de Elen Lescoat
Editorial Presença



Na cabecita da Rosa reinava uma grande confusão!
Seria o AMOR mensurável?
Existiriam diferentes formas de amar?
Simplesmente uma obra que apela à ternura das crianças e adultos.
Não deixe de ler o livro.

Mais recursos 
A afectividade mãe-bebé 

Porque há vários tipo de Amor ...

Por Rosarinho

Porque ser saudável é ter um corpo e uma mente saudáveis…
Porque ainda é preciso mudar mentalidades…
Porque a publicidade também pode ser educativa.


sábado, 13 de fevereiro de 2010

Ser diferente

Por Leonor Albuquerque 

É uma história da International Children's Digital Library
...ser diferente ...amizade ...união ...liberdade...
Cotãozinho e os seus irmãos

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Queixinhas nas caixinhas

Por Glicéria Gil 


A figura da criança queixinhas é comum e habitual nas escolas e jardins-de-infância. Todos nós, profissionais da educação, temos que lidar com as queixinhas, facto este que não é nada agradável, quer para as outras crianças, quer para os adultos. De um modo geral, a questão da criança queixinhas no Jardim-de-Infância aparece com maior frequência do que nos outros graus de ensino. Em primeiro lugar, porque as crianças ainda não tem maturidade suficiente para perceber até que ponto ser queixinhas pode tornar-se desagradável. Por isso queixam-se e continuam a queixar-se, até que começam aos poucos a perceber que os outros não gostam de queixinhas, mas não sabem bem porquê. A criança queixa-se porque algo a incomoda  sentindo necessidade de se expressar e de ser escutada. Consoante a criança vai crescendo vai-se apercebendo que quanto mais se queixar, menos as outras crianças a aceitam e vice-versa. Cria-se um círculo vicioso que poderá levar a criança a não exteriorizar as suas queixas, começando a "queixar-se para dentro" com as inevitáveis consequências do mal-estar e sofrimento que podem estar associadas a esse facto. Como adultos devemos estar atentos às queixinhas das crianças, procurando encontrar soluções para que as mesmas não se "fechem" e comecem a  "queixar-se para dentro". 
Existem soluções criativas que poderão funcionar bem no contexto do jardim-de-infância e, que são facilitadoras da expressão de sentimentos e emoções. Certamente que será preferível adoptar esta solução do que inibir a criança de comunicar e expressar-se. Com pequenos passos crescemos mais saudáveis!  

Conferência Nacional de Educação de Infância

A DGIDC disponibiliza um spot, posters e as publicações que foram apresentadas na Conferência Nacional de Educação de Infância que se realizou em Abril de 2009.
Pode consultar aqui 

Mais recursos 
O lenço dos amigos 
O envolvimento das crianças I 
Envolvimento das crianças II
À conversa com Júlia Formosinho (CEI-APEI) 

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Ainda a saúde oral...

Por Rosarinho








No âmbito da criação e divulgação de bons hábitos de saúde, estabelecemos uma parceria com o Centro de Saúde da nossa área e todos os anos recebemos a visita de uma higienista oral e de um grupo de enfermeiras que vêm de uma forma lúdica, ajudar a implementar estes hábitos.
É sempre com muito agrado que as nossas crianças assistem a estas apresentações tão importantes para o desenvolvimento de atitudes saudáveis nas áreas da alimentação e higiene oral.


Mais recursos 
Rinamaia 
Higiene oral para prevenir 
Cool Kids 

Higiene Oral

 Por Helena Gonçalves 

Incentivar as crianças a desenvolverem hábitos de higiene oral é sem dúvida um dos melhores contributos que lhes podemos dar em matéria de Educação para a Saúde/Saúde Oral.
Uma boa higiene oral é um dos comportamentos mais importantes que se podem ter para cuidar desde cedo dos dentes.
No sentido de ajudar as crianças a lembrarem-se de escovar os dentes pelos menos duas vezes por dia,  adaptei um calendário onde, com ajuda dos pais, podem registar (colorindo as imagens) a lavagem dos dentes, pela manhã e antes de deitar.
Podem fazer o download AQUI da versão semana completa.
Acompanhar isto com um copo e uma escova entregues por um ratinho simpático torna tudo mais lúdico e apelativo. 
Claro que uma história com esta personagem ainda motiva mais. Podem espreitar o Sementes Mágicas onde encontram a do Ratinho Dentolas.

Mais Recursos 
Ideias e actividades para trabalhar a Higiene Oral  (28 posts) 
O Rei Leão e a Higiene Oral 
Estudo nacional de prevalência das doenças orais 

 
4 livritos ilustrados por Raquel Pinheiro e da autoria de Ana Oom que são excelentes e baratitos. E sabem quem é que me os ofereceu e enviou via CTT? A nossa colega e colaboradora assídua do JS, a Esmeralda Certo (Jardim da Celeste).
Obrigada Esmeralda. 
Glicéria Gil 

A amizade

Por Glicéria Gil



A amizade, os valores, as intenções (boas e más) são constituintes da vida das crianças. Para estas, os amigos são fundamentais para o seu desenvolvimento e crescimento As crianças necessitam de interagir, partilhar e interiorizar valores que são importantes para a construção de uma cidadania solidária, empática, justa e coerente. 
Algumas imagens para trabalhar o conceito de cidadão responsável, amigo e solidário coloco-as aqui ao dispor de quem nos visita para que sejam usadas com criatividade e sabedoria.
Na prática educativa não basta abordar determinados temas em épocas especiais ou esporadicamente. Se desejamos que as crianças adoptem comportamentos reveladores de amizade, sensibilidade, responsabilidade e empatia temos que trabalhar esses conceitos todos os dias. Não só com as crianças, mas também com todos aqueles que interagem com elas. E mesmo assim os resultados não se observam num curto espaço de tempo. Na educação, as coisas não funcionam instantaneamente. Funcionam por acumulação. O sentido de coerência é fundamental nestas situações, quer na família, quer no jardim-de-infância e escola. 

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Pensamento colaborativo?

Por Glicéria Gil 
Se quisermos mudar pensamentos temos que os substituir por outros. Somente assim poderemos construir algo de novo, e quiça até melhor. As ideias e pensamentos que mudam diariamente são a essência da nossa vida. 
Pensamentos colaborativos são ideias que resultam em tempo real com inúmeras adições externas que seleccionamos como apoio ao desenvolvimento de um conceito ou opinião. Mas, afinal o que é colaborar? Certamente que não é o mesmo que concordar ou comentar. 
Colaborar significa contribuir com ou mesmo trabalhar com uma ou mais pessoas para um mesmo objectivo. É construir em conjunto.
Na internet, colaborar significa contribuir com informação relevante. Esse conceito, quando utilizado através das várias ferramentas da web, cria novas possibilidades, outros canais de evolução colectiva.
É aqui que queria chegar, à questão dos BLOGS COLECTIVOS, ou seja, a união das ideias de um grupo de pessoas como um canal de comunicação, participação e desenvolvimento. Diariamente estão sujeitos a actualizações e revisões, evoluindo com os seus autores na transformação das ideias e pensamentos.  
Foi nesta perspectiva que o Jardins Saudáveis (JS) foi criado e é assim que continuará a evoluir (desejamos!)

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

É importante incentivar a amizade entre as crianças

Por Glicéria Gil
Partilho alguns materiais que podem ser úteis para a Formação Pessoal e Social da Criança. 


Procura-se um Amigo

PLANO NACIONAL DE LEITURA
Livro recomendado para o jardim de infância, destinado a ler em voz alta/contar/trabalhar na sala de aula.

O Lenny sente-se sozinho e gostava de ter um amigo. Como um anúncio, ele escreve um papelinho e prende-o a uma árvore. Vai então para casa esperar que o seu amigo chegue. Mas esperou, esperou, esperou… só que o amigo não apareceu. Resolve ir verificar se o papelinho não caiu da árvore e é então que tropeça na casa-ninho-móvel do Twick. O Lenny não tem tempo para conversas, mas o Twick convida-se a si próprio e diz que lhe faz companhia até que o seu amigo chegue finalmente .  


Mais recursos 
O lenço dos amigos 
Os meus, os teus e os nossos amigos
A que sabe a lua 
Rede de amigos


domingo, 7 de fevereiro de 2010

A propósito de comemorações e outros eventos que tais

Por Glicéria Gil 
Como educadora e como pessoa sempre me preocupei com  a Saúde das crianças. Maior dificuldade poderei ter tido quando pensei em colocar em prática os conhecimentos que possuo nessa matéria.
Afinal o que nos deve preocupar relativamente à aprendizagem da "saúde" das crianças pequenas?
No dia 16 de Outubro comemorou-se o Dia Mundial da Alimentação! No próximo dia 7 de Abril comemora-se o Dia Mundial da Saúde. Geralmente esses e outros dias são amplamente comemorados na maioria dos jardins-de-infância. Os educadores organizam um conjunto de actividades com o objectivo de, por um lado, não deixar passar esses dias em branco e, por outro, cumprirem o que dita o Plano Anual/Projecto Curricular de Escola e Grupo.

Sempre considerei este tipo de comemorações como tendo um interesse relativo para o desenvolvimento saudável das crianças. Sem querer menosprezar quem se preocupa em comemorar "tudo" aquilo que aparece no calendário, questiono-me se estas ditas "comemorações" não serão um meio de nos desviar daquilo que interessa, ou seja, que as crianças demonstrem no seu dia-a-dia atitudes e comportamentos reveladores da interiorização de estilos de vida saudáveis. Reportando-me à alimentação, será que interessa ficarmos sensibilizados "num determinado dia" para uma alimentação saudável se, nos dias seguintes "arruinamos" essa sensibilização, com a prevalência de refeitórios e lanches onde o conceito de alimentação saudável  ainda está aquém do desejável?

Volto ao princípio, conhecimentos e informação sobre esta matéria encontramos em abundância. Porém, o mais importante que são as mudanças de COMPORTAMENTO das crianças e adultos, essas continuam a ser uma utopia. Existirão outros modos de aprender e ensinar a ser saudável ou estamos condenados a repetir o que já sabemos e conhecemos?                                               

sábado, 6 de fevereiro de 2010

Um escritor aos 12 anos



Gostaria de vos dar a conhecer o livro "Um Leão no Pacífico" que foi escrito pelo meu filho Pedro Maria com 11 para 12 anos, em 1998, tendo ganho o 1º prémio do concurso de contos da escola. O concurso de contos era anual e o Pedro ganhou-o por várias vezes. Funcionava como um exame em que os alunos só tinham conhecimento do tema no momento de escreverem o conto.

Nessa altura a professora de português ofereceu-lhe um livro onde escreveu:

"Para um rapaz especial que escreve textos especiais e por isso ganhou o 1º prémio do concurso de contos. Parabéns Pedro continua a escrever e a desenhar!
Muitas felicidades para a tua vida e...espero comprar um livro teu daqui a alguns anos."

Apesar de nos encher de orgulho não nos surpreendia já que o Pedro sempre marcou a diferença, "pelo brilho e luz que irradiava e espalhava quase sem dar conta, pela sua maneira de estar na vida, pela alegria com que contemplava a natureza, pela coragem desmedida e força invencível, pela paixão que punha em tudo o que fazia, pela pureza dos seus valores, da sua dignidade, da sua simplicidade e bondade" como tão bem foi descrito pelos Escuteiros de Algés, de que fez parte vários anos e onde foi chefe, nos dois últimos anos da sua vida, aos 18 e 19 anos.
Por todas estas razões e porque jamais sairá das nossas vidas, de todos os que tiveram o privilégio de o conhecer, resolvemos publicar este livro que como disse a sua professora de português quando soube:
“A ideia de publicar esta história do (permita-me) nosso Pedro é maravilhosa. Fui a primeira pessoa a lê-la e, apesar de conhecer bem a sua escrita, espantou-me, principalmente, pela genialidade da forma como deu a volta ao tema. Desde esse momento soube, sem margem para dúvida, que estava ali o vencedor. A sua publicação permitirá também que outros conheçam um pouco daquilo que o Pedro foi - uma brisa perfumada que alguns tiveram a alegria de sentir.”
A intenção do livro é também dar continuidade ao sentido de vida do Pedro contribuindo, com o lucro integral, para ajudar uma Associação (A Nossa Âncora - Associação de Pais em Luto) de modo a seguir o seu exemplo de “deixar o mundo um pouco melhor do que o encontrámos”.
O Lançamento do Livro do Pedro foi no sábado passado, dia 30 de Janeiro de 2010...
http://principeseprincesas-xinha.blogspot.com/2010/01/lancamento-do-livro-do-pedro-iii.html

“Só um Anjo pode criar tantas Obras”
Foi com esta frase que a Directora de Turma do 3º ciclo definiu o Pedro, depois de ter sido sua professora de desenho durante três anos em que conheceu de perto todas as suas capacidades, todo o seu talento artístico e toda a sua essência que sempre o diferenciou de todos os outros.

“O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.” Fernando Pessoa

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2010

Seja curioso(a) veja o vídeo

O texto que acompanha este vídeo foi publicado aqui





terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

Chove em todo o lado

Por acaso aqui pelas minhas bandas está sol com fartura. Mas isto tudo a propósito de um livrito que a nossa colega Celeste, colaboradora do blog IDEIAZINHA traduziu para português.
Ficam aqui os meus agradecimentos à colega e já agora aproveito para partilhar ... sabe-se lá quando é que volta a chover outra vez!

Versão traduzida:
http://dl.dropbox.com/u/2880383/Chove%20em%20todo%20o%20lado.pdf

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

O pequeno trevo

O Livro “O Pequeno Trevo”, cujas histórias são da autoria de Ana Cristina Luz, com ilustrações de Margarida Oliveira, é acompanhado de um DVD interactivo “O Sortudo” em que as histórias de Ana Cristina Luz são cantadas por Carlos Alberto Moniz e João Portugal, com ilustrações de Anselmo Coelho. 
APPC de Leiria


Download aqui

Inquéritos aos Educadores de Infância

Os questionários infra destinam-se aos educadores de infância e pretendem saber a sua opinião sobre alguns aspectos da Educação para a Saúde. São pequenas sondagens que irão permitir ter uma ideia das percepções dos educadores que visitam este blog. Para participar basta escolher a opção que melhor caracteriza a sua opinião tendo em atenção que não existem respostas certas ou erradas.
Se tiver disponibilidade agradeço a colaboração.
Glicéria Gil

Utiliza na sua prática pedagógica os materiais/recursos de Educação para a Saúde colocados neste blog?

Como educador de infância abordo ... (escolha a resposta com que mais se identifica)

A escovagem dos dentes no meu Jardim de Infância

O que mais gosta ou gostaria de encontrar neste blog

Quais as áreas existentes na sua sala?

Visita o blog Jardins Saudáveis

Ocorreu um erro neste dispositivo