Bem-vindo!

O espaço Jardins Saudáveis é constituído por um blog e um website, ambos com materiais e recursos na área da Educação para a Saúde. Está aberto à participação e colaboração de vários autores que podem aceder ao blog directamente ou enviar os textos/materiais para:
gliceria@jardinsaudaveis.com

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Contributos de profissionais de saúde na formação da criança e do adolescente nos jardins de infância e escolas

http://www.palmas.to.gov.br/secretaria/fotos/544.jpg

Os enfermeiros fazem parte dos profissionais de saúde que procuram dar assistência à criança, ao jovem e sua família na comunidade da qual são parte integrante.

Desenvolvem actividades de promoção e protecção da saúde, assim como de prevenção e recuperação de doenças.
São profissionais que devem estar altamente preparados
para actuar em todas as áreas da sociedade, entre elas hospitais, postos de saúde, fábricas, instituições de ensino (pré-primária, primária e secundária), entre outras.
Entre as medidas de promoção da saúde e prevenção destacam-se, como as mais importantes: a imunização, o aleitamento materno, a alimentação saudável e equilibrada, a higiene ambiental e pessoal para prevenção de disseminação de infecções em especial, a lavagem das mãos, a higiene nasal, a manutenção de ventilação no ambiente e a desinfecção de objectos manuseados pelas crianças (tão importante no contexto de pandemia da gripe A).

http://3.bp.blogspot.com/_jOSx2tnixxc/Sm8SZSv4YRI/AAAAAAAAJ5M/9u_S8CJGOPU/s400/estatuto-da-crianca-e-do-adolescente-eca-55-81-thumb-570.jpg

Constata-se que as atitudes e os comportamentos podem contribuir para amenizar os danos ao meio ambiente e construir um mundo melhor para se viver. Habitualmente os primeiros socorros também são abordados, nestes contextos , principalmente para que as crianças em situações de urgência e/ou emergência não tenham atitudes que prejudiquem as vítimas, tornando-se importante a informação e o esclarecimento acerca das dúvidas e medos que alguns mitos transmitem, assustando enormemente as crianças e adolescentes.
São também efectuados encontros com os pais procurando dar ênfase à importância das orientações a dar aos filhos e à necessidade de continuidade destes cuidados nos domicílios, destacando a importância da família como factor fundamental no desenvolvimento físico, psicológico e social da criança.
http://2.bp.blogspot.com/_Pt-Xc1ycH5M/SEHhiZc91_I/AAAAAAAACvA/kDLnvQ5L8yg/s400/DiadaCrianca.jpgAs instituições de educação infantil devem "garantir a qualidade não só no aspecto individual da educação e cuidados, mas também naqueles de ordem colectiva e epidemiológica que minimizem riscos à saúde e promovam o pleno crescimento e desenvolvimento das crianças" (Vico, 2001, p.17), o que justifica a presença dos enfermeiros nessas instituições, bem como de outros profissionais de saúde (médicos, psicólogos).
Nesse contexto, observa-se que os primeiros anos de vida da criança são um período de formação de hábitos, que poderão durar por toda a vida, tais como o cuidado de si e da própria saúde (Martins e Veríssimo, 2006).

http://2.bp.blogspot.com/_Pt-Xc1ycH5M/SEHhiZc91_I/AAAAAAAACvA/kDLnvQ5L8yg/s400/DiadaCrianca.jpg
http://2.bp.blogspot.com/_Pt-Xc1ycH5M/SEHhiZc91_I/AAAAAAAACvA/kDLnvQ5L8yg/s400/DiadaCrianca.jpg
http://www.jornaldopontal.com.br/upload/news/Enfermeiros_do_PSF_fazem_traba.jpg
A instituição educativa é tida como um excelente lugar para a aplicação de programas de promoção da saúde, que podem contribuir para a melhoria das práticas de cuidados directamente oferecidos às crianças, bem como estimular a adopção de hábitos saudáveis desde a infância, tendo em atenção que a aplicação deverá ter em conta os contributos dos educadores de infância e dos professores que nela trabalham.

Publicada por Rosa Silvestre

Doença Niemann-Pick C (NPC)



Deixo-vos aqui um site sobre esta doença rara - Niemann-Pick C (NPC) - É uma doença metabólica, de origem hereditária, que se caracteriza basicamente pela acumulação de níveis excessivos de colesterol e glicolípidos nos lisossomas do fígado, no baço ou no cérebro.

Como consequência dessa acumulação excessiva, ocorre um aumento do tamanho do fígado e/ou do baço (hepatoesplenomegália) e várias alterações neurológicas que afectam a capacidade intelectual e motora, provocando uma demência progressiva. É, por isso, comum a comparação da NPC com a doença de Alzheimer, sendo assim conhecida por “Alzheimer das crianças”. A NPC manifesta-se normalmente na idade escolar, sendo fatal, na maioria dos casos, antes dos 20 ou até mesmo 10 anos de idade.

Em Portugal, um estudo revelou que em cada 100.000 portugueses, 2,2 são afectados. Pensa-se, contudo, que a NPC esteja subdiagnosticada – devido ao desconhecimento da própria doença – e que existam mais casos.

Gripe A - Pictogramas



Publicado por Flávia Domingues - www.palavrasmenores.blogspot.com

terça-feira, 29 de setembro de 2009

domingo, 27 de setembro de 2009

PNL lança novo livro digital sobre a Gripe A

por rute moura

De certo é mais um livro que pode ajudar não só os educadores mas também os pais a agir contra a gripe A.

Leia e oiça aqui


Já sei que a gripe A chegou
Mas eu estou bem preparado:
lavo mil vezes as mãos,
a toda a hora, em todo o lado...
Eu quero estar protegido,
e e fácil ter cuidado!
Lavo mil vezes as mãos,
a toda a hora em todo o lado...

este post também foi publicado no Jardim das Cores

Se não leu, aconselho-o vivamente que o faça, as crianças irão adorar ouvir. Porque nao uma reflexão em grupo, com as crianças?



Jardim da Celeste

Consciência Emocional


As Emoções




by Jord∂n∂ ∂m∂r∂nth∂

Descarregar aqui

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Despertar para a Ciência e Alimentação

Disponibilizam-se alguns materiais/recursos de suporte à exploração de actividades relacionadas com plantas, nomeadamente a distinção entre fruto e legume, reconhecendo que alguns frutos são usados, no dia-a-dia, como fruta ou legume.
A base é o documento »despertar para a Ciência - Actividades dos 3 aos 6», do ME/DGIDC






quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Site sobre segurança alimentar e nutrição infantil


Ao clicar na imagem, poderá visitar um blog muito interessante que aborda questões tão importantes como a segurança alimentar e os benefícios de uma alimentação equilibrada desde tenra idade. Para quem trabalha em creche considero indispensável, porque por vezes surgem tantas dúvidas no que diz respeito à alimentação dos bebés.

A Surpresa de Handa



Colecção: «BORBOLETRAS», n.º 4
Editora : Caminho


"A Handa mete no cesto sete frutas deliciosas para fazer uma surpresa à sua amiga Akeyo. Mas no caminho a Handa passa por muitos animais, e as frutas têm um ar muito convidativo...Quando chega junto da amiga e poisa o cesto, quem tem uma grande surpresa é a Handa!! "





A colecção BORBOLETRAS é uma nova colecção infantil da Caminho, cujo objectivo é a publicação de livros ilustrados de elevada qualidade, incluíndo autores e obras premiados a nível internacional. Para saber mais,clique aqui .

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Balão Vermelho II




Iran, 1971. Produced by Raoul Servais, music by Lucien Goethals, written, animated, and directed by Noureddin Zarrinkelk

domingo, 20 de setembro de 2009

Pequeno-almoço: recolha de dados

Por Margarida

Nunca é demais alertar para a importância do pequeno-almoço.
A sugestão que se deixa é uma ficha semanal de recolha de dados.

sábado, 19 de setembro de 2009

Crianças fóbicas e egoístas?!...

por Rute Moura


"são muitas as informações e regras que pais e professores estão a dar aos mais pequenos para prevenir a gripe A, mas não estarão pais e professores, a educar crianças fóbicas e egoístas?"

É esta a pergunta de fundo do artigo do Público que pode ler na íntegra aqui.

Pais, professores, psicólogos e pediatras estão preocupados com a gripe A e com a educação das crianças. No artigo do Público há opiniões diversas que vale a pena conhecer para melhor agir e mensagens que são importantes reter.

Para nós educadores de infância que nos preocupamos e enfrentamos diariamente todas estas questões, José Morgado diz:
"é importante que as crianças compreendam os riscos da gripe A (...) Mas também são importantes as experiências que o pré-escolar proporciona como a descoberta dos materiais, a partilha ou a cooperação entre os mais pequenos (...) tudo coisas que devem, nos próximos tempos, evitar".

Por sua vez, Helena Marujo indica-nos que devemos ensinar os cuidados com a Gripe A com a "naturalidade de quem ensina a lavar os dentes".

E Mário Cordeiro não nos deixa esquecer que:
"Os miúdos devem continuar a ser crianças. Os adultos é que têm de as ensinar e manter os brinquedos limpos."

E como tudo na vida é preciso bom senso! Aqui estão todos de acordo: o importante é agir com bom senso, em casa e nas escolas, sem desvalorizar que se trata de uma pandemia.


Este post também foi publicado no Jardim das Cores

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Quem canta seus males espanta

Por Glicéria Gil


Agora com a gripe A

A gente tem que se cuidar

sem beijinho pra lá

Sem beijinho pra cá
Por isso inventamos
Uma nova maneira
De se cumprimentar
A fadinha vai nos ajudar
Como é fácil se acostumar
Se estiver gripado
Não vá a escola
Não compartilhe merenda, copo e material
Se tossir cubra a boca
Lave as mãos com frequência


Cantor: Person Alves (peixe)
Música: Marisol Schneider

Paola Beskow
Lara Beskow
Brenda Alves
Luisa da Silva


quinta-feira, 17 de setembro de 2009

Materiais para abordar a gripe A

Por: Cristina Braga da Cruz




















Espero que este material retirado do Smart Kids vos seja útil.



Gripenet vai à escola

Por Glicéria Gil


O Gripenet associou-se aos esforços das escolas para preparar a comunidade educativa para a segunda onda pandémica que se prevê para este Outono/Inverno. Assim, começámos esta semana a promover sessões informativas sobre a gripe em várias escolas da região da Grande Lisboa. Ontem o Gripenet esteve na Escola Secundária António Gedeão, em Almada.

Falou-se de vírus, novos e velhos, formas de transmissão, gestos e hábitos de higiene que evitem a propagação da doença. E também da monitorização da gripe através da Internet, com a participação também dos mais novos. O debate foi vivo e participado.
A mobilização de professores e alunos para minimizar os efeitos da pandemia é essencial, num altura em que se ficou a conhecer a taxa de transmissão na comunidade educativa de Nova Iorque (um estudante infectado transmite a doença a 2,4 colegas), em que a OMS vem dizer que apenas faz sentido fechar escolas, como medida de controlo, se a população infectada não for superior a 1% ou investigações que apontam para que um estudante em actividade escolar leva, em média, as mãos à face (olhos, nariz, boca) uma vez em cada quatro minutos.
Escola
Foto: Escola Secundária António Gedeão, Almada

Sugestão para professores: uma série de materiais pedagógicos (os vídeos são bastante bem feitos), elaborados pelo Grupo do Plano de Contingência da Universidade do Porto, está disponível em: http://bit.ly/GDbot

Fonte: Gripenet

Olha o que se fez numa semana

Por Glicéria Gil


No dia 6 de Setembro colocamos aqui esta história em inglês que a Helena do blog Sementes Mágicas adaptou para português. Agora já temos o sabonete e sabão disponível em power point.
A versão do Nuno que escapa à gripe para quem não tem internet também pode ser consultada no blog pessoal da Juca ou aqui no JS. Esta história também está disponível em pdf e na biblioteca dos livros digitais. Sugestões para actividades na área da prevenção da GRIPE A estão disponíveis aqui.
Aproveite e veja (olhe que vale a pena) também este vídeo, cuja melodia é sobejamente conhecida de todos e que pode ser adaptada para português. Para as mais pacientes e com vontade de encontrar mais materiais aconselho a navegarem livremente por estes sites, este foi sugestão da Ana Augusto e este outro proveniente aqui da casa. Se tiver disponibilidade pode adaptar muitos dos materiais que aí encontra para a língua de Camões ... depois é só partilhar com as colegas.
Com mais umas canções brasileiras à mistura que por aí circulam, já vamos tendo algum material para fazer frente ao Golias.
Votos de bom trabalho, muitas ideias e partilhas!
Eu agora vou durante uns dias pregar para outra freguesia. Regresso nos finais do mês! Até lá e senão aguentar estar longe do teclado pode ser que desencante algum post.

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Realidade?

"Ontem fui ao infantário levar o meu filhote e aproveitei, como era o 1º dia, para falar com a responsável, que me disse apenas que ligou para o Centro de Saúde a pedir orientações e eles limitaram-se a sugerir que colocasse desinfectantes em cada uma das salas e a ter um local para isolamento de casos suspeitos. Mais nada... Nem um plano de contingência têm!
Quer ontem, quer hoje, quando cheguei, encheram logo de beijinhos o meu filho nas mãos e na carinha, como costumam fazer normalmente.
Estou preocupada, mas não sei o que fazer, nem para onde hei-de reclamar. Ainda por cima, fiquei com a sensação que ficaram ofendidas com as minhas perguntas sobre se tinham tomado medidas para prevenir o contágio da Gripe...
Segundo elas, como há irmãos em salas diferentes do infantário (creche + infantil), não adianta muito andarem com grandes medidas de prevenção porque ao fim e ao cabo os miúdos contactam uns com os outros!Além de que os da sala dos 3 anos já comem no refeitório, junto com os da infantil! Então, mas não era uma boa altura para impedir que eles contactassem uns com os outros?! Ou sou eu que estou a ser paranóica?"

recebido por email


E sobre as "preocupações" desta mãe? O que dizer? Preocupações a mais por parte das famílias e a menos por parte dos profissionais?

Mais uma canção

"O Nuno escapa à Gripe A - versão para quem não tem internet!

Por Juca

Vá lá, não fiquem tristes...

Para quem não tem internet na sala - :( - aqui fica uma adaptação que fiz para powerpoint com as imagens e o som original da história apresentada on-line na Biblioteca de Livros Digitais:


Cliquem aqui para fazer o download da história.

Pela Blogeducação - Ideias soltas












Abraços e beijinhos em tempo de GRIPE A

Por Glicéria Gil

Aqui por estas bandas somos muito dados aos afectos ou será a profissão que nos aculturou?
A Xinha lançou aqui no JS um desafio. O post "Sem abraço sem beijinho" apela à sua participação porque a sua opinião é importante.
Interessa-nos saber o que realmente pensa sobre o assunto, incentivar a reflexão sobre o tema e pôr a descoberto outras maneiras de resolver o problema. Todos os contributos são bem-vindos.



David contra Golias II

Por Glicéria Gil

Continuando a "conversa" iniciada ontem... tentando estreitar o caminho que poderá conduzir à explicação sobre o David e o Golias...
Pois, as famílias e a sua tomada de consciência poderá ser uma das nossas perspectivas enquanto educadores pelas razões sumariamente referidas neste post.
Mas recuemos um pouco atrás e vamos ver o que dizem as "autoridades" sobre a matéria.
Foi certamente a preocupação com as famílias que levou Maria de Lurdes Rodrigues numa entrevista que deu ao Diário Económico a referir que as escolas não devem encerrar por causa da GRIPE A.

MLR- A atitude tem que ser a contrária. É muito importante que a escola se mantenha como um espaço aberto. A autorização de encerramento será decidida pelas autoridades de saúde, como acontece agora em situações de epidemia ou de transtorno organizacional ou de saúde pública. Mas a orientação dada é no sentido de que a escola possa ser um espaço de protecção da contaminação e é para isso que as escolas estão a trabalhar. É muito importante continuar a garantir as refeições e o apoio às famílias. Se à menor perturbação a escola fechar, serão uma série de crianças e famílias afectadas, bem como todo o tecido económico. O trabalho que se está a fazer com as escolas é o contrário, é no sentido de garantir que será um espaço de protecção, mas não por encerramento. Ao contrário, mantendo-se aberta, evitando os contágios.

Estas decisões tomadas por quem é detentor do poder acarreta a responsabilidade e o dever de cidadania de cada um de nós para trabalharmos no sentido de prevenirmos o encerramento das escolas. E caso venham a acontecer casos de gripe nos nossos locais de trabalho que estes aconteçam espaçadamente, ou seja, sem a existência de picos elevados em curto espaço tempo que exigiriam o encerramento. Se todos os funcionários ou a maioria estiverem doentes ao mesmo tempo os JI não podem funcionar.
Porém é bom relembrar que "as escolas municiaram-se com planos de contingência para enfrentar o vírus da gripe A, porém, as medidas de contenção podem pouco contra um vírus que adora o frio e a humidade, sobretudo em espaços sobrelotados como as salas de aula"(Gregória Von Amann da DGS).

Ora temos aqui dois pontos de vista antagónicos. O primeiro situa-nos na perspectiva de David e o segundo na de Golias (história David e Golias). Se sabemos que as escolas são um dos sítios ideais para a propagação da doença, se sabemos que as escolas só serão fechadas se todos apanharem a gripe ao mesmo tempo, então também sabemos que devem ser estes os locais onde a prevenção deve ser mais cuidada e com poucas falhas. Se queremos que o vírus não entre, então não podemos abrir-lhe a porta.

Quando não decidimos pelo encerramento antecipado das creches, JI e escolas, em especial aquelas que podem ter menos pessoal, menos recursos materiais ou famílias em que se sabe que será difícil manter os padrões de higiene que são necessários para contrariar a propagação do vírus estamos a facilitar a vida ao Golias.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

David contra Golias I

Por Glicéria Gil

A foto "roubada" aqui

Podemos conversar por aqui, pois podemos!
Quem escreve também conversa, mas muita conversa dá distracção, ora se dá.
Quem por aqui esteve ontem poderá ter pensado... mas que raio de post "David contra Golias" mas a que propósito?!
Não sei se hoje dará para explicar, mas se não der fica para amanhã. Até lá conversemos!
Já falamos de pais, crianças, jardim de infância e Gripe.

Escreveu a Xinha:

"Os pais têm de tomar consciência que se deixam os filhos doentes no Jardim de Infância não só poderão contagiar as outras crianças como poderão eles próprios ser contagiados.
...As crianças podem ter uma otite ou uma virose qualquer e, na sala de retenção, onde aguardam que os pais as vão buscar, podem ser contagiadas com esta gripe.
Penso que sensibilizar os pais para esta realidade fará com que pensem duas vezes antes de os deixar doentes na escola".

Tomar consciência poderá passar por:

*TER CONHECIMENTO
*RECONHECER QUE ESSE CONHECIMENTO PODERÁ TAMBÉM TER A SUA ORIGEM NOS SENTIDOS
*ACTUAR EM CONFORMIDADE
*ESTAR ALERTA
*TER e SER CONTROLADO

Mais se poderia dizer sobre o assunto, mas fica aqui esta ideia sobre a nossa acção e papel na contribuição da tomada de consciência daqueles que são responsáveis pela educação e saúde dos filhos. Cabe-nos a nós completar essa tarefa como especialistas na arte de educar.

Para trabalhar com as crianças a prevenção da gripe foram aqui colocados dois links, um deles contributo da Ana Augusto. Qualquer deles é excelente, com muitos materiais que se podem adaptar e que contribuem para a interiorização da lavagem correcta das mãos que é um acto de higiene fundamental, quer em tempo de GRIPE, quer para a saúde em geral.
Andavam por aí muitas crianças com as mãozinhas pouco e mal lavadas como resultado de uma menor preocupação e menos tempo dedicado a essa tarefa.
Como se costuma dizer, só se lembram de Sta Bárbara quando faz trovões. Esperemos que a trovoada não seja muito forte.

Links:



segunda-feira, 14 de setembro de 2009

David contra Golias

Por Glicéria Gil

O post que agora se publica incide na preocupação dos adultos, nomeadamente os educadores de infância, no que respeita à GRIPE A, a invadir ou não, por porta a dentro as nossas salas de Jardim-de-Infância.
Pretende-se aqui em canal aberto, ou seja, através dos comentários que se vão colocando, "conversarmos" sobre o bicho-papão que anda por aí a lançar algum receio e muita ansiedade.
Informo que não sou alarmista, nem tenho paranóia por esta ou por outra doença qualquer. Considero-me uma pessoa com os pés bem assentes na terra, com alguma experiência de trabalho (30 anos), moderadamente conhecedora dos comportamentos e atitudes das famílias, colegas e outro pessoal com quem já trabalhei ao longo destes anos.

Podemos conversar sobre:
- as famílias e a GRIPE A;
- os beijinhos e abraços (resultantes dos comentários e da sondagem);
- O que diz a Ministra da Educação e a responsável pela Saúde Escolar na DGS;
- Se ainda não conhecem vou apresentar-lhes o Henry.

(continua)

A Educadora

A Juca adaptou e a Helena partilhou. Obrigada a ambas.

domingo, 13 de setembro de 2009

FONTE DE INFORMAÇÃO

Por Jardim da Celeste

A fonte de informação aqui partilhada, sobre a história da gripe, das tisanas para a vacina, recombinação genética e mutações, foram publicadas na Revista "domingo", de 13.09.do Jornal "Correio da manhã"

RECOMBINAÇÃO GENÉTICA

MUTAÇÕES

DAS TISANAS PARA A VACINA

Por Jardim da Celeste

MOMENTOS NA "HISTÓRIA" DA GRIPE

Por Jardim da Celeste



Inquéritos aos Educadores de Infância

Os questionários infra destinam-se aos educadores de infância e pretendem saber a sua opinião sobre alguns aspectos da Educação para a Saúde. São pequenas sondagens que irão permitir ter uma ideia das percepções dos educadores que visitam este blog. Para participar basta escolher a opção que melhor caracteriza a sua opinião tendo em atenção que não existem respostas certas ou erradas.
Se tiver disponibilidade agradeço a colaboração.
Glicéria Gil

Utiliza na sua prática pedagógica os materiais/recursos de Educação para a Saúde colocados neste blog?

Como educador de infância abordo ... (escolha a resposta com que mais se identifica)

A escovagem dos dentes no meu Jardim de Infância

O que mais gosta ou gostaria de encontrar neste blog

Quais as áreas existentes na sua sala?

Visita o blog Jardins Saudáveis

Ocorreu um erro neste dispositivo